...
Aqui
a gente se encontra.

Fun Brasil Fun Brasil

NO AR AGORA PLAY PAUSE
A Fun Brasil chegou para revolucionar a maneira de se fazer e ouvir web rádio. Música, conteúdo, debate, notícias e muita diversão. Esta é a rádio Fun Brasil – Aqui a gente se encontra!
MUITA MÚSICA ​ DÊ O PLAY NA FUN BRASIL! com MUITA MÚSICA ​ Aqui a gente se encontra!
+INFOS
NAS MAIS TOCADAS...

A nova adaptação de Sabrina, Aprendiz de Feiticeira, chega a netflix em 26 de outubro de 2018 e, para aumentar nossas expectativas, o stream recentemente divulgou imagens e um teaser à la exorcista, com rituais e um capiroto com cabeça de bode! Kiernan Shipka é quem dará vida a bruxa.

Na adaptação, Sabrina Spellman tenta enfrentar sua transição para a fase adulta, enfrentando forças do mal que ameaçam sua vida, família e o mundo dos humanos no qual está inserida. A série começará com Sabrina prestes a completar 16 anos, tendo então que tomar uma difícil decisão: desistir de seus amigos humanos e de seu namorado, Harvey – interpretado por Ross Lynch – ou abdicar de levar a vida como uma bruxa. Cada episódio funcionará como um próprio mini-filme autônomo. Confira as imagens:

o-mundo-sombrio-de-sabrina

o-mundo-sombrio-de-sabrina

Recentemente, foi divulgado que Salem, o gato companheiro de Sabrina foi quase substituído por um cachorro! O motivo? Kiernan é alérgica a gatos!

“Recebi uma ligação dizendo ‘Kiernan é alérgica ao gato’. E passou pela minha mente: Salem poderia ser um cachorro?”, disse  Roberto Aguirre-Sacasa.

Para a felicidade de todos, a substituição não aconteceu. A solução foi deixar o gato e a atriz o mais longe um do outro durante as filmagens: “É algo como ‘atores que não se dão bem em séries: Kiernan e o gato se odeiam’”, brincou a atriz.

A série terá roteiro de  Roberto Aguirre-Sacasa, showrunner de Riverdale, série que inclusive contribuiu para a nova pegada do remake de Sabrina de 1990. Confira o trailer:

Deixe seu comentário
 
GOSTOU? ENTÃO VAI CURTIR LER ESSA TAMBÉM:
ter, 20 de novembro de 2018 SÉRIES Demolidor 3ª temporada: Critica sem spoilers